Você está sentado à mesa de trabalho lendo este texto no computador? Num sofá, no escritório ou em casa, lendo em seu smartphone ou tablet? Ou na cama? Esteja onde estiver, se puder, faça uma pequena pausa e olhe ao redor… Pronto? Olhou? Notou como está cercado de materiais impressos?
traço-para-destaque-1

Perto de você, agora mesmo, deve haver revistas, algum jornal, um bloco de anotações, a embalagem do produto que comprou há pouco tempo, o livro que você deixa sempre para começar amanhã, uma sacola com a marca da loja bem visível…

Além desses materiais, nos quais constam apenas informações “estáticas” em textos e imagens (os títulos e matérias de um jornal ou revista, os anúncios, fotos de um produto em destaque numa embalagem etc.), existem outros tipos de materiais impressos que podem também estar próximos a você. São aqueles que trazem o seu nome, seu endereço, seu CPF, às vezes até mesmo uma mensagem para você. São os materiais personalizados com os chamados “dados variáveis”.

Aliás, se você não tiver nenhum material desse tipo (com dados variáveis) por perto, um deles pode chegar a qualquer momento. Pode ser por aquele casal amigo que, enfim resolvendo se casar, lhe traz o convite para a cerimônia com seu nome em letras trabalhadas, rebuscadas, à moda antiga. Pode ser também pelo carteiro, trazendo-lhe a mais recente edição da revista que você assina, com seu nome completo num envelope padronizado. Ou, então, ele pode trazer aquela conta, aquele boleto que — bem — você terá que pagar. Ou, ainda, uma mala-direta, uma propaganda de um serviço de assinatura de TV com seu nome bem nítido, impresso sobre uma foto. Isso sem falar em outras possibilidades, como um brinde com uma mensagem especial, escrita só para você.

As vantagens dos dados variáveis

Com tantos recursos (e com a evolução da tecnologia gráfica e da informática), o uso de dados variáveis em materiais impressos é crescente. Entre outras vantagens, ele oferece:

  • sensação de maior proximidade, e até mesmo de intimidade, entre quem envia e quem recebe o material;
  • aumento do retorno de uma campanha publicitária, com mensagens direcionadas a um determinado público-alvo ou a uma única pessoa;
  • construção de relacionamentos de fidelização com clientes;
  • segurança, privacidade e sigilo (em casos de documentos, boletos etc.);
  • diferenciação e valorização de uma marca, uma empresa, um serviço.

Além disso tudo, há quem aposte que, num futuro não tão distante, a personalização gráfica revolucione o modo como lidamos com a informação impressa. Pois, com o avanço da tecnologia, poderemos ter revistas, jornais e outros produtos com textos e fotos direcionados para o leitor, além de maior facilidade de inserção de anúncios segmentados.

A produção

Geralmente um material com dados variáveis é primeiramente impresso em offset, para que, depois, por impressão digital, a personalização — via base de dados — seja acrescentada. Em alguns casos todo o material é produzido digitalmente.

A Colorsystem oferece várias soluções gráficas em dados variáveis, com equipe e estrutura habilitadas para a produção de materiais nos mais diversos formatos e modelos, para todas as necessidades.

Fale conosco. Nosso atendimento está à disposição para quaisquer esclarecimentos e orientações.